quinta-feira, 17 de outubro de 2013

ANMA- A ORIGEM DA MASSOTERAPIA JAPONESA


 
 
Anma 按摩 significa pressionar (An)  e esfregue (Ma). Significa também, espalhar a paz por fricção ou acalmar com as mãos. Anma é uma das mais antigas formas de massagem do mundo,  é a mais antiga forma de terapia corporal no oriente. Esta terapia veio da China antiga e  remonta pelo menos, 7000 anos de idade. Alguns especulam que  a verdadeira origem do Anma está na Índia  a mais de 10.000 anos de idade. Anma foi levado para o Japão por monges guerreiros da China através da Coreia cerca de 1.500 anos atrás. 
Anma, tradicionalmente, era a base de toda a formação médica oriental.  As técnicas  de Anma ajudam ao praticante desenvolver a sensibilidade das mãos, que é considerado fundamental para a correta aplicação de outras áreas da medicina. Tradicionalmente, a pessoa tinha que treinar a Anma por três anos antes de iniciar quaisquer outras áreas de formação, tais como a acupuntura, moxabustão, ventosas, etc que exige sete anos de treinamento.

  Anma  baseia-se nos princípios da medicina oriental. Esta antiga arte de cura utiliza técnicas especiais para estimular pontos-chave (Tsubo) sobre a superfície da pele, para promover a capacidade natural de cura do corpo. Quando esses pontos são estimulados liberam a tensão muscular facilitando uma melhor  a circulação do sangue e da energia (Kiketsu). Esta é a intenção da massagem Anma .
O Desenvolvimento do Anmo na China

Durante o Zhou e Qin dinastias (1122 aC - 206 aC), toda a medicina chinesa foi sistematizada e codificada por diferentes tratamentos. O Su Wene Lingshu Jing灵枢 obras médicas foram criadas. Esta é a primeira vez que o Anmo é gravado e inclui informações detalhadas sobre técnicas e tratamentos de massagens.

Durante a dinastia Han (206 aC â € "264 AD) Anmo métodos de massagem floresceu e se desenvolveu na China ao lado das outras principais áreas da medicina, tais como: acupuntura, moxabustão, fitoterapia, ventosas, exercícios respiratórios, exercícios de auto-cura, métodos para evitar envelhecimento, etc . Estes foram todos registrados no Huangdi Neijing黄帝内"Clássico de Medicina Interna do Imperador Amarelo", escrito por Huang Ti (Imperador Amarelo).

Durante o Jin e dinastias Sui (265 dC - 618 dC), houveram muitas guerras internas  as quais frearam o progresso da medicina oriental e do Anmo. Durante este período, no entanto, Medicina Tradicional Chinesa, Anmo, cultura chinesa, religião e artes marciais começaram a viajar para o Japão através da Coréia.

Durante a dinastia Tang (618 dC â € "907 dC) e em diante Anmo entrou em declínio em toda a China, exceto no norte do país. Durante esse tempo, os médicos começaram a tomar algumas das técnicas de Anmo para criar uma terapia baseada em trauma chamado Tuina (推拿). Esta arte ressurgiu no sul e é a principal de massagem praticada atualmente na China. O Tuina significa "empurrar"e "puxar". As técnicas do Anmo originais da China morreram e tudo o que resta é o ramo Tuina da tradição.

 


Desenvolvimento da Anma no Japão

Anma no Japão em sua maior parte, desenvolveu-se separadamente a partir do  Anmo chinês. Há um certo número de técnicas que só são encontradas na forma japonesa da Anma. No Japão, a Anma acabou indo para a formação da arte do Shiatsu. Isto é semelhante à forma como a arte de Tuina foi criada na China. Algumas das categorias de técnicas da Anma foram combinadas para criar uma nova arte. Desta maneira, uma série de artes foram criados usando as técnicas do Anma. Dentre elas a massagem sueca foi criada usando as 7 técnicas fundamentais da Anma.

Períodos Asuka  (início do século 5 a 710 dC

 
A Anma e outras formas da medicina oriental foram introduzidos no Japão através da Coréia. Durante dois séculos o Comercio entre China e Coreia ficou interrompido. Foi neste período que desenvolveu-se o inter cambio  cultural entre Japão e Coreia, o qual  solidificou as bases da cultura japonesa moderna . Em 562 AD um monge chinês e médico pelo nome de Zhicong (Chiso em japonês) trouxe muitas obras sobre medicina chinesa e se tornou um cidadão japonês. Chiso é dito ter trazido com ele mais de 160 volumes de textos médicos chineses que, na época, representava a medicina popular. Por volta do século 8, patrocinadas pelo governo escolas médicas de acupuntura haviam sido estabelecida no Japão e os conhecimentos médicos  da China continuaram a ser assimilados pelos japoneses. No entanto, em meados do século 10, as tensões políticas começaram a surgir entre China e Japão, e o contato com a China tornou-se cada vez mais afastado. Foi durante este período que os médicos japoneses começaram a aperfeiçoar o sistema chinês e fazer suas próprias inovações únicas para a prática do Anma e da medicina.

Período  Nara e Heian (710 dC - 1185) 

Em 718 AD a faculdade de medicina no Japão foi estabelecido pelo governo para fazer um estudo sistemático da acupuntura. Havia muitos grau oferecido nesta escola. É necessário 7 anos para ganhar um diploma em acupuntura e moxabustão. Leva-se três anos para ganhar um grau para se tornar um "Anmashi"按摩(massoterapeuta), ou para se tornar um "Jugonshi"呪禁(terapeuta, um curador).Os Jugonshi foram considerados indispensáveis ​​por suas magias, seus tratamentos médicos dos doentes, e seus esforços para tornar o parto mais seguro. Os praticantes mais destacados dentre os Jugonshi eram nomeado "Jugon Hakase"呪禁博士(mestre feiticeiro). O Hakase Jugon trabalhou para treinar e cultivar o "Jugonsei"呪禁生(aprendizes de feiticeiro). Em 753 AD um monge budista chinês chamado Jianzhen鉴真(Ganjin em japonês) imigrou para o Japão, com 35 de seus discípulos, que eram todos médicos. Eles transmitido seus conhecimentos da medicina oriental com os monges no Japão.Em 984 dC, o Ishinpō医心方foi escrito por Yasuyori Tamba. Este trabalho médico é de 30 rolos de comprimento. O trabalho baseia-se no chinês Bing yuanhou Lun, escrito na Dinastia Sui autor Chao Yuanfang. Muitos dos textos do Ishinpō foram perdidos na China, e só sobreviveram até os dias de hoje através da sua inclusão no trabalho japonês. O Ishinpō é o mais antigo trabalho médico no Japão e é considerado um tesouro nacional. Abrange todas as áreas e temas conhecidos da medicina oriental, incluindo Anma. Nele são descreve 658 Tsubo (acupontos).

Período Kamakura e  Muromachi (1185 AD â € "1574 AD) 

O período Kamakura foi considerado muito turbulento, devido as inúmeras guerras e conflitos que marcaram esta época. Por causa da instabilidade do governo o apoio para o sistema médico oficial foi abandonado e medicina japonesa começou a declinar durante os séculos 5 e 6. O Anma, bem como os outros ramos da medicina oriental foram mantidos vivos pelas pessoas comuns dentro de suas famílias.

Período Momoyama (1575 AD - 1602)

 Fim do Sengoku Jidai (período de guerra entre estados). Durante esse tempo, a capital foi transferida do Japão ocidental para o Oriente próximo Yokohama e através de Tóquio. A sociedade tornou-se estável mais uma vez e muitas novidades foram feitas no campo da medicina, incluindo o desenvolvimento da terapia Anma.

Período Edo (1602 dC - 1868) 

Em 1602 no Japão mudou-se capital para Edo (Tóquio).Foi durante este período que o Anma e da medicina oriental atingiram auge na cultura japonesa.Novas técnicas, textos e escolas foram estabelecidas em Tóquio. O Período Edo foi um período onde foram introduzidos no Japão o conhecimento da medicina ocidental, como anatomia e fisiologia.Este conhecimento veio através do Comercio holandês. Eles foram o primeiro país ocidental a ter comércio com o Japão e seus médicos. Com essa troca de conhecimentos o Anma, acupuntura e outras artes médicas orientais foram ensinados aos médicos holandeses que, em seguida, trouxe-os de volta para a Europa. Durante a metade do século 19, pouco antes do shogunato cair, um regulamento foi feito que só os cegos seriam autorizados a ser praticantes do Anma como uma forma de bem-estar. Muitos cegos assumiram a ocupação e passaram a realizar as massagens com fins exclusivamente voltados para o relaxamento(Genko Anma) em vez da  terapia (Koho Anma). A grande quantidade de conhecimento técnico e clínico foram perdidos durante este tempo, devido à mudança dos praticantes da Anma.
Período Meiji (1868 AD - 1912)

Este é o momento  da queda do  shogunato no Japão,  e o inicio daquele que ficou conhecido como governo iluminado. Nesta época o governo japonês foi modelado  segundo as influências ocidentais que haviam entrado no pais do sol nascente.Alterações foram feitas para tornar a sociedade japonesa mais ocidental. A medicina ocidental tornou-se o tratamento primário e a primeira escolha para os pacientes a receber. Estas  transformações ameaçaram muito a tradição do Anma quase dizimando o valor terapêutico tradicional do Anma e da medicina oriental. Anma ainda seria mantido como uma ocupação para cegos. No final desse período, o governo criou regulamentos que exigem licenciamento de todos os praticantes de Anma. O estilo ocidental de massagem e a utilização de tabela de massagem foram introduzidos no Japão neste período. 

As nove Técnicas principais do ANMA
Há nove categorias principais de técnicas dentro da arte da Anma. Sete são originais e duas foram adicionados mais tarde: (Kyosatsu Ho e haaku Ho). Além disso, os métodos de  Kyokute -Ho só são encontrados dentro da tradição japonesa do Anma e não em qualquer outra forma de arte. Cada seção permite que você trabalhe o corpo de uma maneira única  e diferente. Estas nove técnicas da Anma criaram vários efeitos que auxiliam na conquista dos objetivos do terapia anma. Durante uma sessão de massagem  são utilizadas todas as nove técnicas, fazendo do Anma uma terapia corporal completa no corpo inteiro. No Japão, alguns terapeuta especializarm na aplicação de apenas três ou quatro seções de técnicas em combinação para a sua prática. Outra utilização da técnicas Anma é o cultivo da própria saúde do terapeuta. De uma maneira geral, os indivíduos tem manifestado uma saúde física e emocional muitas vezes fragilizada de vido ao estilo de vida dos tempos modernos.As técnicas da Anma são projetados não somente para ajudar a o cliente aumentar a sua saúde, mas quando aplicada corretamente esses nove seções de técnicas , beneficia também o terapeuta cultivando a saúde e despertando a  consciência. Fazendo desta arte não somente um sistema de massagem, mas um tipo de prática espiritual e meditação que permite tornar-se um ser humano melhor. Estas técnicas são dirigidas a Tsubo específica (os pontos vitais) e Keiraku (caminhos de energia dos meridianos) do corpo. Métodos de Anpuku (palpitações abdominal e terapia), desenvolvido pela Shinsai Ota, no século XVII, também são utilizados. A arte de Anma é apenas uma ciência em muitos ensinamentos da tradição do Do-In Ankyo. Este foi desenvolvido por chineses ascetas Montanha taoistas, conhecida como Sennin ou Jiyujin (homens livres) no Japão.

Os efeitos Terapêuticos da Anma
Anma massagem é uma forma de equilibrar o corpo e acalmar os nervos irritados. Normalizando as funções corporais para manter o corpo saudável e forte. A Anma reduz a tensão, aumenta a circulação e revive e rejuvenesce o corpo, permitindo  um profundo relaxamento de todo corpo. Pois quando as tensões são liberadas do corpo e as funções do sistema imunológico tornam-se reguladas e o corpo torna-se forte contra vírus e bactérias.  Isso permite que o corpo se adaptar às mudanças ambientais  e permaneça mais resistente as doença. Haja visto que tensão no corpo é causada por uma acumulação de ácido láctico  como resultado da fadiga, trauma, estresse, desequilíbrio químico e, sobretudo, a má circulação. Durante  a aplicação da  massagem Anma,  os músculos relaxam permitindo que o sangue e energia (Kiketsu) flua livremente, em seguida, as toxinas são liberadas e eliminadas. Ao contrário da medicina ocidental, a terapia Anma não ignorar os sintomas simples de reclamações diárias. Estes sintomas de dor de cabeça, tonturas, dores nas costas, etc, são considerados uma expressão da condição do corpo como um todo.   

As varias indicações da massagem Anma
A massagem Anma é uma excelente terapia integrativa e complementar, podendo se associar a medicina convencional. Além de manter a saúde, a  Anma também pode ser utilizada para aliviar e prevenir lesões esportivas, tratamentos de Quiropraxia, e restaurar o equilíbrio e as emoções. Pacientes de psicoterapia   também responde bem com o tratamento da Anma. Desde os tempos antigos, o Anma tem sido usado como um tratamento da beleza atravé da massagem facial chamada Kobido responsável por produzir um lifiting facial através das inúmeras técnicas da Anma aplicadas ao rosto. Tais como, embelezamento da pele, rosto e dos olhos. Anma como massagem terapêutica também é aplicado para uma ampla gama de doenças, tais como, dores de cabeça, resfriados, asma, dormência, pressão arterial alta ou baixa, constipação, cólicas estomacais, irregularidade menstrual, vitalidade sexual e insônia.

 Uma das utilizações mais importantes de Anma é a sua utilização na realização da qualidade da nossa respiração. Quando a respiração é superficial, todas as funções do corpo tornam-se lentos. Anma promove profundas respirações profundas que auxiliam na liberação de bloqueios em nossas vias de energia (Keiraku). Este processo aumenta a nossa resistência à doença. A terapia  Anma não só é usada para restaurar a saúde, mas também é fundamental para ajudar a cada um descobrir o seu próprio potencial de cura. Isso às vezes pode ser uma bênção maravilhosa.

Um comentário:

  1. ola!Estava lendo e estudando um pouco mais sobre terapias orientais ,e esbarrei com este maravilhoso estudo no qual gostaria de me aprofrundar mais. Pois sou mestre em reiki e terapeuta espiritual tambem. No qual umas das entidades que trabalham comigo é um monge,e lendo isso entendo agora qual tecnica ele utiliza e na qual eu desconhecia, é essa tecnica do Anma. Por isso gostaria que pudesse entrar em contato comigo para maior aprofundamento e entedimento sobre esse Anma.muito interessante.Por favor meu email é (solange.alfama@hotmail.com). Desde já presto minha profunda gratião.

    ResponderExcluir